terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Trought the mist and beyond...

Ainda não sei quem tu es... não faço ideia de quem é a pessoa capaz de cativar o meu coração e conseguir cuida-lo... quem serás tu que conseguirar ganhar a minha alma, conseguiras com q eu só pense em ti e farás com q a minha vida seja tua!

Penso em ti todos os dias... penso se um dia irei envelhecer contigo ou se serei mesmo eu sozinho, não tenho medo de ser eu sozinho, nunca tive medo da solidão...
O mais provavel, é que no dia que me conheças penses que nunca irás conseguir ter uma conversa comigo, que sou bruto de mais, demasiado besta... mas todos nós temos as nossas armaduras, umas mais duras e geladas que outras... quando as consegues passar ves que nem todos os seres são frios, que poucos os são na realidade...

No fim de tudo vais ver uma pessoa que arriscaria a vida por um desconhecido, só porque sim...
Alguem que esta la quando todos precisam, e que desaparece quando não existe a possibilidade,
alguem que nunca é recordado, a não ser nos momentos de necessidade...
Alguem que jurou dar a vida por qualquer ser, proteger todos a todo o custo, defender sempre o correcto, mesmo que todos digam que esta errado, lutar pelo que acredita...

Talvez quando souberes tudo isso soubre mim, vejas que não sou o certo... mas depois de tudo isso ainda a mais... poucas são as pessoas que sabem mesmo como sou... aquelas que sabem o q sinto só pelo olhar... espero que sejas uma delas, que nos descubramos rapidamente, que choquemos um contra o outro, que nos vejamos no meio de uma sala cheia...
Ou melhor que tudo isso... que nos encontremos entre o verde e castanho de sintra, em cima de uma pedra, ou debaixo de uma arvore, a orientarmo-nos pelo meio da natureza, ligados a tudo e no entanto a nada....

Espero que... apareças....

1 comentário:

Su disse...

Abre o teu coraçao... dá uma oportunidade a quem gostes.. dá uma oportunidade a essa pessoa... enquanto tal não acontecer, não conseguirás ser totalmente feliz, ou melhor, não a encontrarás... e se gostar de ti, gostará mesmo assim, sem pedr nada... agora só faltas tu... abrir esse coraçao... não o fechares tanto... e quando souber tudo de ti, se gostar gostará sempre...! ;)