segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Invictus

Invictus, William Ernest Henley.

Out of the night that covers me,
Black as the Pit from the pole to pole,
I thank whatever gods may be
For my unconquerable soul.

In the fell clutch of circumstance
I have not winced nor cried aloud.
Under the bludgeonings of chance
My head is bloody, but unbowed.

Beyond this place of wrath and tears
Looms but the Horror of the shade,
And yet the menace of the years
Finds, and shall find, me unafraid.

It matters not how strait the gate
How charged with punishments the scroll.
I am the master of my fate:
I am the captain of my soul.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Ice cold...

Hoje voltaram a dizer-me que eu sou frio... que sou bruto... eu sei que sou! mas isso faz parte de quem eu sou... os que me conhecem melhor sabem que isso de eu ser bruto e frio não é tão linear assim, tenho outro lado, um que muito raramente mostro! e isso pq? porquem cada vez que mostrei esse outro lado consegui magoar-me e retrair-me ainda mais!

A uns dias (duvido muito que te lembres) preguntaste-me pq é que eu não sou querido mais vezes... a resposta é simples, porque não me quero magoar! lol...

Quando era mais novo, alguem me dizia, Mãos quentes, coração frio! isso veio mais tarde a confirmar-se e nos dias de hoje, sou um dos mais frios que conheço! ainda não conheci ninguem que passa-se o tipo de frieza que eu demonstro!

Mas tenho a dizer-vos um segredo sobre aqueles que parecem ser frios... NOS SOMOS HUMANOS E TEMOS SENTIMENTOS!!! claro que sentimos amor, falta de carinho e afins, apenas não o demonstramos! e temos uma tendencia parva a afastar as pessoas de quem mais gostamos! mas... por uns segundos, deixamos essa nossa barreira de gelo derreter, e esticamos a mão para pequenos gestos que esperamos que alguem repare... gestos que nunca são reconhecidos, mas gestos que normalmente têm mais significado do que um abraço...

E pronto, no fim so se pode dizer que... Eu não sou frio... eu sou Gelado!!!





terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Noites...

Bem, como a maioria de voces (os poucos que aqui leem algo) sabem, não tenho andado nada inspirado... Possivelmente devido a falta de situações emotivas que me têm acontecido, isto em grande culpa porque afasto todas as pessoas de mim (eu sou assim... que querem que eu faça :P )

Mas... tive a uns dias uma noite espetacular!! Fui jantar comida madeirense seguido de uma saida ao Nº2 ali ao pé de santos, e tenho a dizer... Mas que noite! foi como se não existisse o passado triste como os dois temos, e como se até ali tudo tivesse sido uma recta de felicidade, tavamos os dois tristes e mesmo assim abstraidos da tristeza que abunda o mundo. Foi bom, soube bem e deu para rir!

O que a mim so me diz... que tenho que repetir mais vezes! tal como agora até para o bairro tenho ido... o que quer dizer, que ta na altura de eu voltar a ser quem era, de eu ter orgulho em mim, e passar por cima de tudo o que me entristece!

Obrigado ;)

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Paciencia

Há musicas que tocam o interior de um gajo, que têm significado mesmo sem um gajo se aperceber... esta... lembra-me de muita coisa boa ;)
E como nunca nenhum futuro será sem passado, vou-vos deixar aqui a bela da musica.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

03/12/2009

Hoje fui sair pro bairro alto, para o Bar da Esquina!!

Por entre morangoska e sorrisos, grandes gargalhadas e olhares lembrei-me... isto é um daqueles momentos! gostava de ter conseguido parar o momento, gravar aquilo para sempre em diamante para que nunca findasse....

Tinhamos o Luis a rir-se enquanto que o Marcio me chamava padrinho, a Agata a sorrir, a Raquelinha a gozar com o Marcio e a Ines a olhar para mim com ar de quem ta a achar graça a conversa, agarrada a morangoska...

Foi um daqueles inequivocos momentos que fazem a vida ser tão doce! Não foi preciso muito dinheiro, nem namorados nem amor nem nada... apenas amizade e pessoal pronto a divertir-se!! É no meio destas noites que nos apercebemos do quanto nos gostamos das pessoas que nos rodeiam, é quando elas falam conosco e nos convidam para ir ao Lux, e nos apesar de não gostarmos, ainda ponderamos ir! é quando a meio de um passeio olham para nos e mandam aquele sorriso, é quando não é preciso dizer, eu gosto de ti... porque quem está ao teu lado ja sabe isso!!

E eu digo, para mim a amizade é também tudo isso, os sorrisos e olhares e gargalhadas e conversas parvas...

bem... Obrigado por me fazerem rir! e Obrigado por me dizerem que leem o blog ;)

Agora vou dormir... que já são 5:00...